A Reunião

4/18/2016 CoelhoNews 1 Comments

Duas viagens para São Luís ocorridas nessa última semana teriam passadas despercebidas se não fossem os envolvidos. Representantes do Grupo João Santos saíram sem nenhum alarde de Coelho Neto para participar de duas reuniões que são capazes de restabelecer a saúde econômica do grupo na cidade. A primeira aconteceu no final da tarde de terça feira (12) junto ao vice-governador Carlos Brandão na sua residência oficial, e a segunda aconteceu no final da manhã de sexta-feira (15) com o secretário de Indústria e Comércio Simplício Araújo.

Os representantes do Grupo vêm demonstrando uma disposição silenciosa para solucionar os problemas da empresa. Eles buscam serem incluídos no programa Mais Empresas do Governo do Maranhão, que incentiva a geração de emprego e renda ao empreendedorismo. Apesar da boa notícia, a postura foi de discrição e pouco alarde. Preocupados, acima de tudo, com o bem-estar da empresa e de seus funcionários, a direção entendeu que a melhor forma seria não partir para o confronto e procurou quem realmente poderia interferir positivamente no processo.

O outro, e talvez principal, motivo para articulação silenciosa passa por uma figura envolvida. Luis Serra, pré-candidato a prefeito de Coelho Neto, foi o responsável por articular o encontro entre o Grupo João Santos e o Governo do Maranhão. Luis, preocupado com os salários atrasados dos funcionários, tentou manter a reunião em sigilo, mas uma foto sua junto ao vice-governador foi responsável por derrubar sua estratégia. Segundo pessoas próximas ao dono da De Um Tudo, Luis não queria dar caráter político ao encontro, principalmente para tentar preservar a unidade do grupo oposicionista, que vem enfrentando constantes especulações de um possível racha.


O episódio gerou reações distintas em pessoas consultadas por esse portal (CN Livre). Umas elogiaram Serra, afirmando que não ser político é o seu maior diferencial, e outros criticaram-no, ressaltando que ele estava sendo ingênuo por não utilizar o fato para atrair mais votos. A única conclusão de consenso é que Luis Serra, com pretensões de ser prefeito, continua a adotar postura de comerciante/empresário ao não explorar politicamente fatos como esse.

FONTE: cnlivre.com.br

Postagens relacionadas

Um comentário :

  1. acho muito bom essa tentativa de ajuda os trabalhadores a receber seus salarios.

    ResponderExcluir