Esquartejador confessa morte de adolescente em Pedreiras

4/14/2016 CoelhoNews 0 Comments

A Polícia Civil conseguiu esclarecer um crime que chocou a cidade de Pedreiras nesta semana. O assassino identificado como José António de Sousa, vulgo Toinho, com 20 anos de idade, acompanhado de seu comparsa, utilizaram uma faca e um facão para esquartejar o adolescente, que teve o coração arrancado.
O adolescente envolvido se chamava Manoel M. da S., de 14 anos de idade, encontrado na terça-feira (12) em um local de difícil acesso na zona rural da cidade.
O menor teve os braços, pernas, cabeça e o pênis separados do tronco. A região do abdômen estava toda aberta e com as vísceras expostas. O coração do adolescente foi arrancado e deixado próximo a uma residência há cerca de 100 metros do local onde o corpo foi encontrado.
Após as investigações e uma denúncia feita pelo comparsa de 16 anos de idade que também participou do ato cruel, os acusados foram levados para a delegacia regional de Pedreiras, e em depoimento à polícia, Toinho (o acusado) confessou o crime bárbaro, e com ele foram apreendidas duas armas brancas usadas para esquartejar a vítima.
A morte do garoto teria sido motivada por dívidas, em compras de drogas, e segundo informações de moradores da cidade, o adolescente esquartejado já teve passagens pela polícia.
O assassino permanece preso em Pedreiras e aguarda ordens judiciais para as demais decisões.
Não existe crime perfeito, e sim mal investigado.

Postagens relacionadas

0 comentários: