Prefeito Américo de Sousa (PT) concede entrevista à Rádio Local

1/27/2017 CoelhoNews 0 Comments

As 14 horas de hoje (27), o Prefeito de Coelho Neto finalizou uma entrevista na Rádio Comunitária Cidade Livre FM. Trazemos na íntegra uma síntese elaborada pelo Portal Gaditas da entrevista. 
Em sua fala ele tratou das questões referentes a polêmica sobre o não pagamento de servidores do mês de dezembro. Atacou o ex-prefeito Soliney Silva, alegou sabotagem do governo anterior, falou que existe uma equipe processando as informações do recadastramento, pediu tempo, mas que vai proceder com o pagamento.

Questionado sobre a manifestação do policial civil Albino Klauberth, alegou que o movimento teve conotação política no sentido de colocar a população contra o governo e que não tem nada contra a pessoa do policial.

Nesse quesito, aproveitou para falar do apoio que o governo tem dado para a Polícia Militar e Polícia Civil. Defendeu as operações que estão acontecendo na cidade e o clima de tranquilidade após o início da ação articulada comandada pela polícia, mas que pediu tolerância ao comandante no que diz respeito as motos que estão com documentação irregular.

Ao falar sobre a reunião com o governador Flávio Dino (PCdoB), anunciou a reforma da MA-034 Coelho Neto-Descanso, inclusive no centro urbano (Avenida José Silva – Avenida Coelho Neto). Solicitou a reforma do Farol da Educação e a desapropriação do Hospital Ivan Ruy, que obteve as garantias do governador de reconstrução e equipamentos do que será o futuro hospital municipal, além da aquisição de uma ambulância. Anunciou também que o governador garantiu que na área da segurança receberá mais 10 policiais e duas viaturas.

Falou ainda do compromisso de retomar as obras de captação de água do rio Parnaíba de responsabilidade da FUNASA. O prefeito aproveitou para dar explicações sobre a as caçambas que estão na limpeza pública (questionada por esse blog diga-se de passagem), e que segundo ele foram cedidas para prestar esse serviço para a prefeitura sem nenhum ônus. Então tá!

Finalizando a entrevista disse que está fazendo um estudo sobre como ficará a situação da iluminação pública da cidade, falou do planejamento de uma operação tapa-buracos e mencionou a dificuldade de responder os pedidos de empregos.

Eis um breve relato do que foi dito pelo prefeito em sua entrevista.

Com informações do Portal Gaditas

Postagens relacionadas

0 comentários: