Prefeito Américo de Sousa (PT) cancela editais de licitações após ser denunciado

3/03/2017 CoelhoNews 0 Comments

Cancelamento pode estar associado aos interesses do prefeito Américo de Sousa (PT).

Prefeito Américo de Sousa (PT) FOTO: Internet

Após a denúncia de possível favorecimento em licitação da prefeitura de Coelho Neto, surpreendentemente o prefeito Américo de Sousa (PT) decidiu cancelar sete decretos de novos pregões, conforme matéria veiculada no portal Blog do Samuel Bastos, dia 26 de fevereiro. Curiosamente, o cancelamento dos pregões acontece após paralela solicitação do líder da oposição na Câmara, vereador Rafael Cruz (PMDB). O parlamentar pediu à Mesa Diretora que busque as informações sobre esses processos licitatórios.

Alguns Blogs da cidade publicaram uma matéria denunciando o possível favorecimento na licitação que tornou o Auto Posto Portugal Ltda. o principal fornecedor de combustíveis para a prefeitura. A firma citada tem como principal administrador o aliado e patrocinador político de Américo de Sousa, Josué Viana. Segundo especialistas, todo gestor mal-intencionado tem sempre interesse em licitações relacionadas aos investimentos da Educação e Saúde, principalmente por serem setores de maior dotação orçamentária.

O que o vereador Rafael Cruz quer descobrir são os motivos que levaram o prefeito Américo cancelar a realização desses pregões. Há a suspeita de que a realização das licitações de menor dotação orçamentária foi cancelada para camuflar os possíveis interesses do atual gestor, como é o caso do fornecimento de merenda escolar que absorve significativo recurso público. Diante do silêncio proposital do governo e das dúvidas que pairam sobre a matéria, seria no mínimo interessante que a Câmara de vereadores, detentora do papel fiscalizador, trouxesse ao conhecimento público o que há de transparente e obscuro nessa história.

VEJA O AVISO DE CANCELAMENTO
Aviso de Cancelamento (FOTO: Reprodução Internet)
Aviso de Cancelamento (FOTO: Reprodução Internet)
Do Blog Direto ao Assunto

Postagens relacionadas

0 comentários: