Vereadores de Coelho Neto deverão atender pedido de Impeachment contra o prefeito Américo do PT

6/23/2017 CoelhoNews 0 Comments

Movimento é criado para pedir cassação da Chapa Américo de Sousa (PT) e Antonio Pires (PCdoB)
Nos próximos dias, sob pressão popular, os vereadores que compõem o legislativo de Coelho Neto, deverão atender um pedido que virá das ruas solicitando a retirada do prefeito Américo de Sousa dessa gestão.

Com o caos que se instalou no governo municipal, a população indignada, não aguenta mais tanto descaso e puseram suas vozes nas ruas e nas redes sociais, reclamando da administração que o atual prefeito vem conduzindo. Por onde se anda, nota-se a insatisfação do povo perante o atual prefeito, Américo de Sousa (PT).

Um início de governo desorientado e sem expectativas para a tal mudança e melhoria que a população tanto clamava, tem feito com que a população criasse coragem para reivindicar os seus direitos. O caos que vem proliferando desde os últimos anos da gestão Soliney Silva (PMDB) começou a ser expostos e denunciados pelos Blogs e pessoas que fazem a imprensa local, fazendo com que a população se conscientizasse mais e passasse a reivindicar mais os seus direitos. O resultado veio à tona e hoje maioria da população cobram do governo melhorias para a cidade, as pessoas passaram a cobrar mais pelos seus direitos.

Aos 6 meses de gestão do atual prefeito, a população se revoltou e começou se expor nas ruas e redes sociais contra o atual gestor. Américo de Sousa, candidato do PT, foi eleito com apenas 35,15% dos votos válidos, entre os 3 candidatos. Especialistas afirmam que a derrota dos outros 2 grupos aconteceu por uma divisão de uma família, criando duas chapas que disputaram uma única eleição.

No decorrer desses 6 meses de atuação, o prefeito Américo de Sousa mostrou a incapacidade que tem para administrar uma máquina pública. De tantas cobranças, feitas no rádio no qual atuava como apresentador e militante político, Américo de Sousa se direcionava às gestões passadas, afirmando que tinha soluções para todos os problemas do município, ao contrário do que se vê hoje, em pleno 6 meses de mandato e com as contas públicas munidas de recursos, o atual prefeito tem se negado a mostrar trabalho para a população.

Inúmeras licitações canceladas, falha na limpeza pública, falta dos ônibus escolares, déficit de professores para atender o alunado do município, mal pagamento dos profissionais em todos os departamentos públicos, péssima saúde oferecida para a população, enfim, se fizerem um levantamento completo dos descasos cometidos nos seis primeiros meses da gestão do Prefeito Américo, serão expostos muitos conteúdos que deixarão a população mais indignada, sendo que isso é algo que a imprensa local já vêm denunciando ao longo desses seis meses.

Pelos absurdos cometidos durante o início dessa gestão, a população começou a cobrar das lideranças políticas, fazendo com que os mesmos saíssem de suas zonas de conforto e tomem decisões em prol da população. Observa-se que dos 3 grupos que disputaram nas eleições de 2016, o único que se interessou e tomou uma decisão para ouvir a população, foi o ex-prefeito Soliney Silva (PMDB), que nessa semana começou uma articulação com seus aliados, e afirmou que irá entrar com um pedido de cassação do atual prefeito, Américo de Sousa (PT). Soliney afirmou que está munido de provas e meios legais para entrar com um pedido de cassação da chapa composta pelo atual prefeito Américo de Sousa (PT) e Antonio Pires (PCdoB), e que por uma intervenção pública, a Câmara de Vereadores de Coelho Neto tem por obrigação de atender o pedido da população.

Iremos acompanhar de perto os próximos acontecimentos sobre este movimento. Aguardemos!

Postagens relacionadas

0 comentários: