Lutador piauiense que pedia dinheiro no sinal é hexa campeão mundial de Jiu Jitsu

7/10/2017 CoelhoNews 0 Comments

Atletas pedem dinheiro no sinal de Teresina para bancar passagem para campeonato mundial de Jiu Jitsu, em São paulo (Foto: Reprodução Facebook/Montagem OitoMeia)
O atleta como vários outros da academia onde treina tiveram dificuldades em conseguir patrocínios e incentivos públicos para financiar a viagem


O lutador piauiense de Jiu Jitsu, Lívio Ribeiro, agora é hexa campeão mundial. Ele que passou por muitas dificuldades para participar da competição que aconteceu na cidade de São Paulo,chegou a pedir dinheiro nos sinais das principais avenidas de Teresina para conseguir competir.

O atleta como vários outros da academia onde treina tiveram dificuldades em conseguir patrocínios e incentivos públicos para financiar uma viagem para dois campeonatos da modalidade, sendo um nacional e outro mundial, ambos no estado de São Paulo. Mas apesar das dificuldades o jovem chegou ao evento que aconteceu nos dias 1º e 02 de julho, em Barueri, e 05 e 09, na capital paulista e venceu conquistando o sua hexa medalha mundial de ouro na modalidade.

Em uma publicação no Facebook, Lívio informou que também irá competir nos Estados Unidos ainda neste ano. “[…] Não vou perder tempo já vou lutar nos Estados Unidos esse ano ainda, mesmo com alguns tombos eu tenho muito que viver da minha vida”, disse ele.

Lívio também é estudante de Educação Física, aluno da faculdade Maurício de Nassau. A rotina entre os estudos e o Jiu Jitsu dificulta a captação de recursos para bancar o esporte. Mesmo assim, isso não o impediu de ser cinco vezes campeão mundial, entre 2012 e 2016, e agora conquistando o sexto campeonato em 2017, três vezes campeão sul-americano (2012, 2013 e 2014), cinco vezes campeão brasileiro (2012, 2013, 2015, 2016 e 2017) e campeão europeu em 2016, além de um vice-campeonato no velho continente, em 2014.


Do Oito e Meia
09/07/2017 - Atualizado em: 09/07/2017, 16:18Publicado por: Jéssica KamilaRepórter: Jéssica Kamila

Postagens relacionadas

0 comentários: