Relator do TRF-4 derruba liminar de desembargador e Lula segue preso

7/08/2018 Richard Cabrera 0 Comments

Gebran Neto determinou à PF que não libere o ex-presidente


SÃO PAULO. O desembargador João Gebran Neto, da 8ª Turma, decidiu manter na prisão o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cancelando a liminar do desembargador plantonista no Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Ele determinou que a Polícia Federal não cumpra a decisão de soltura, pois caberia a ele, que é o relator do processo que condenou Lula a 12 anos e um mês de prisão, analisar o despacho.
por O Globo
08/07/2018 14:24 / Atualizado 08/07/2018 14:28

O relator da Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, desembargador federal, João Pedro Gebran Neto, acaba de derrubar a liminar do colega Rogério Favreto para libertar Lula neste domingo (08.07). Gibran diz que entende que não houve fato novo - que merecesse prosperar a decisão. Além disso, este caso não cabe uma decisão monocrática.

Gibran Neto diz ainda, que o colega desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Rogério Favreto, foi induzido ao erro pela defesa de Lula.

Postagens relacionadas

0 comentários: