Vice-Prefeito de Coelho Neto responde as provocações do SINTASP

8/06/2018 Richard Cabrera 0 Comments

Vice-Prefeito de Coelho Neto, Antonio Pires - FOTO: Reprodução Facebook
O vice prefeito de Coelho Neto Antônio Pires, usou sua rede social para responder os ataques gratuitos do comando do Sindicato dos Servidores do Serviço Público da Microrregião de Coelho Neto – SINTASP/MCN.

Pires tem sido alvo de ataques gratuitos pelo comando da entidade – que deveria se preocupar em defender o direito dos servidores – pelo simples fato de apoiar as reivindicações da categoria.

Confira a integra da nota divulgada por ele:

Amigos, antes de mais nada e veementemente refuto certas acusações vazias sobre o nosso sindicato, o dos trabalhadores rurais. Continuamos trabalhando da forma mais zelosa possível para defendermos a classe, nossas cicatrizes de luta falam por si só, inúmeras vezes lutamos com muito afinco em prol do direito do trabalhador rural, trabalho esse que continua sendo realizado e continuará sendo de forma indeterminada.

Nosso sindicato sempre será a casa do trabalhador rural. Não obstante, importante a lembrança de que sou o vice prefeito de Coelho Neto, portanto, representante do povo e como representante da população Coelhonetense não posso fechar os olhos para o que acontece com a cidade.

Estou sempre vigilante e atento para tudo que acontece em Coelho Neto, sempre à disposição para ajudar com muito trabalho, inclusive prestando apoio aos sindicatos irmãos e seus associados, companheiros de movimento, acho que esse é o papel primordial de um representante do povo, zelar e estar sempre à disposição para ajudar. Doravante, essa não foi a primeira vez que nos solidarizamos com sindicatos de outras categorias que tiveram seus direitos adquiridos silenciados diante de um presidente que não vê e não houve os anseios dos seus associados.

No mais, quero dizer que as minhas portas sempre estarão abertas para a sociedade de Coelho Neto, podendo me procurar em quaisquer situação e igualmente as portas do sindicato dos trabalhadores rurais estarão abertas para todos aqueles que sentirem seus direitos tolhidos, independente de qual categoria pertençam. Se estamos sendo procurados por um outro público é porque eles não estão se sentindo representados pelo seu Sindicato de origem.

O que dizer de um Sindicato que cala-se diante do patrão que não paga o 1/3 de férias, que permanece calado diante da perda de um ano letivo, sem justificativa. O que dizer de um sindicato mudo diante do não pagamento dos contratados, quando da proposta apresentada a justiça eleitoral foi de salário igualitário aos dos efetivos. Sindicato esse que calado ficou e calado permaneceu diante de toda uma categoria chamados de preguiçosos, pela equipe de comunicação do atual governo, unicamente por defenderem seus direitos e não baixarem a cabeça para o desmando deste governo!
Antonio Pires 
Vice Prefeito de Coelho Neto

VEJA A NOTA ORIGINAL

Postagens relacionadas

0 comentários: