Governo Municipal arruína lideranças políticas de Coelho Neto

10/13/2018 Richard Cabrera 0 Comments

Lideranças que aderem a atual gestão caem na derrota juntamente com seu gestor.



O governo municipal mostrou sua capacidade de destruir reputações políticas. O resultado obtido no fim das votações do dia 07 de outubro, evidenciou muito bem esse fato. Com a alegação que o número de eleitores aptos a votar diminuiu, um blogueiro demitido, fez força para mascarar a impopularidade do governo Américo. Em breve, um dos objetivos governista é de tentar agregar mais lideranças políticas de fora do governo e inseri-las para o núcleo da máquina, fazendo com que anule essas lideranças e possivelmente calar as dignidades e reputações dessas lideranças.

Tomemos como referencia os votos para estadual na análise a seguir.

Como mostra o infográfico acima, os “américos” teriam 19,9 mil votos, metade vindo do agregado e segundo mais votado para prefeito na última eleição municipal. 3,7 mil votos vem dos cinco vereadores, hoje governistas, e que caminharam ao lado do mandatário municipal durante a recente campanha. No total, são 23,6 mil votos. Detalhe, Wilson Vaz e Osmar Aguiar não estão nesta conta, pois estavam pedindo votos para outro candidato estadual.

O número de eleitores aptos a votar nessa eleição, caiu 24% em relação a eleição passada. Portanto, diminuindo na mesma proporção, o governo ainda contava com 18 mil votos. Logo após a apuração total das urnas em Coelho Neto, se viu a transferência de apenas 4,2 mil votos ou 23% dos 18 mil votos, que os vermelhos contavam. A maior prova que esse governo municipal é um moedor de votos, diminuindo em mais de 77%, os seus, dos vereadores e da segunda maior base de votos de Coelho Neto. Usando licença poética, dito duas palavras: “PARA” e “BENS” aos “américos”.

Após dar uma forte demonstração que os “américos” estão com os dias contados, os próximos objetivos desses, serão puxar para água, todas aquelas lideranças surgidas do mar de impopularidade dos vermelhos, dessa e da eleição passada. Lembremos, que não está tão longe, as eleições que elegerá prefeitos e vereadores.

“Se tem votos, vamos trazer”, poderá ser dito pelos asseclas, da atual gestão. Altos cargos comissionados, salários generosos, algumas vagas de emprego, poderão ser "o canto da sereia" para a morte política de alguns. Resta saber quem vai querer pular nesse mar e colocar a perder tudo que conseguiu alcançar, inclusive a própria dignidade.

Com informações do Portal R10 Maranhão

Postagens relacionadas

0 comentários: